O mais novo endereço de bons
negócios
do setor da construção

Somos uma plataforma de relacionamento entre o setor produtivo e a cadeia
fornecedora de materiais, serviços e tecnologia para a indústria da construção.

SindusCon-SP e Comgás trabalharão juntos por soluções sustentáveis

Ações visam viabilidade de aplicações práticas, sustentabilidade e inovação

O SindusCon-SP e a Comgás vão trabalhar conjuntamente em desenvolvimentos em três áreas: busca de soluções energéticas eficientes para empreendimentos, ações em favor da sustentabilidade ambiental e soluções inovadoras na construção civil envolvendo utilização de gás.

Isto foi acertado em reunião realizada em 30 de maio, no SindusCon-SP. Pela Comgás, participaram José Eduardo Moreira, diretor Comercial, e Fabrício Marti, gerente Comercial. Pelo SindusCon-SP, o presidente Odair Senra; os vice-presidentes Francisco Antunes de Vasconcellos Neto, Renato Genioli e Yorki Estefan; o coordenador do CTQ (Comitê de Tecnologia e Qualidade), Rodrigo Von Uhlendorff; e a coordenadora técnica do Comasp (Comitê de Meio Ambiente), Lilian Sarrouf.

Moreira informou que, no segundo semestre, começa a adição de biometano ao gás natural destinado às residências, sem qualquer custo adicional para os consumidores finais. O produto renovável, vindo de fazendas e aterros sanitários, é uma das ações da empresa em busca de soluções sustentáveis. Na estimativa da Comgás, em cinco anos será possível substituir todo o gás natural fornecido às residências em São Paulo pelo biometano.

A Comgás também tem realizado um estudo piloto sobre qual seria a alternativa energeticamente mais sustentável para um determinado empreendimento habitacional, comparando custos e benefícios dos vários sistemas. O diretor Comercial enfatizou que a empresa busca soluções dentro de uma transição inteligente para aplicações sustentáveis, que combinem energia de várias fontes destinadas às áreas comuns e privadas dos empreendimentos.

A Comgás também tem participado, junto com o SindusCon-SP, das reuniões do Procel que visam à futura etiquetagem energética compulsória dos edifícios residenciais, visando à eficiência.

No SindusCon-SP, a atuação conjunta com a Comgás será desenvolvida por meio do CTQ (Comitê de Tecnologia e Qualidade), do Comasp (Comitê de Meio Ambiente) e do iCON Hub.

fonte: https://sindusconsp.com.br/sinduscon-sp-e-comgas-trabalharao-juntos-por-solucoes-sustentaveis/

 

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.